quinta-feira, 15 de outubro de 2009

terça-feira, 21 de julho de 2009

Entrevista realizada com o Dr. Rodrigo Otavio Sarraf Berger no dia 24 de junho no canal SBT, no Programa Destaque, sobre dúvidas da saúde da mulher.



Caso demore para carregar acesse: http://www.youtube.com/watch?v=JTzQ3Fm0SJA

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Entrevista realizada com o Dr. Rodrigo Otavio Sarraf Berger no dia 17 de junho de 2009 no canal do SBT, no Programa Destaque, sobre a saúde da mulher.


Caso demore para carregar acesse: http://www.youtube.com/watch?v=eh0gVAEW93Y

terça-feira, 14 de julho de 2009

Entrevista realizada com o Dr. Rodrigo Otavio Sarraf Berger no dia 10 de junho no canal do SBT no Programa Destaque falando sobre a saúde da mulher.


Caso demore para carregar o video acesse: http://www.youtube.com/watch?v=rfXK-T-GHvw

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Entrevista realizada com o Dr. Rodrigo Otavio Sarraf Berger no canal do SBT no Programa Destaque no dia 03 de Junho de 2009.


Caso demore para carregar acesse: http://www.youtube.com/watch?v=zd7Goa7-Ook

terça-feira, 7 de julho de 2009

Entrevista com o Dr. Rodrigo Otavio Sarraf Berger

Entrevista com o Dr. Rodrigo Otavio Sarraf Berger no canal SBT no programa Destaque realizada no dia 06 de maio de 2009.


Caso esteja demorando demais para carregar acesse:http://www.youtube.com/watch?v=9hm0YffiWhE

sexta-feira, 3 de julho de 2009

quinta-feira, 2 de julho de 2009

Entrevista sobre a Puberbade na Gazeta do Povo do dia 01 de Julho de 2009 com o Dr. Rodrigo Otavio Sarraf Berger

tra

Puberdade antes da hora deve ser investigada

Mães devem ficar atentas aos primeiros sinais do fim da infância e a antecipação da primeira menstrução.

Publicado em 01/07/2009 | ANA CAROLINA NERY

A puberdade nas meninas é algo que precisa ser investigado se os primeiros sinais acontecerem antes dos 8 anos de idade. Especialistas afirmam que essa é uma constatação mundial, mas que deve ser evitada. Do contrário, pode comprometer fortemente o aspecto psicossocial e o crescimento das meninas.

O primeiro sinal da puberdade é o nascimento do botão mamário (telarca). O ideal é que aconteça em torno dos 10 anos de idade. A partir daí é certo que os pelos pubianos (pubarca) surgirão de seis meses a um ano depois, e a primeira menstruação (menarca) acontecerá dentro de mais seis meses a um ano. Sabendo identificar os primeiros sinais, as mães podem prever a puberdade, sua possível precocidade e tratar a tempo.


Segundo o ginecologista Rodrigo Berger, do Hospital Nossa Senhora das Graças, não há uma estatística concreta, mas tem-se observado que, de uns 5 anos para cá, a menarca tem acontecido em torno de 8, 9 anos. Berger aponta a alimentação à base de flavonoides (soja) e fitohormônios (de plantas) como um dos fatores. Outro ponto teria relação com a sociedade em que vivemos, por estresse, cobrança e excesso de informação. “Toda vez que ficamos preocupados ou com muita expectativa sobre nós mesmos ou alguém, são liberados vários hormônios na circulação, como corticóides e adrenalina. Eles são responsáveis pela liberação de hormônios que estimulam a produção de estrogênio (hormônio feminino)”, explica.

A endocrinopediatra Margaret Boguszewski, professora da Universidade Federal do Paraná (UFPR), conta que os hormônios do estrogênio também agem no amadurecimento dos ossos. Segundo ela, no mesmo período em que ocorre a menarca, acontece a fase do estirão do crescimento, na qual os jovens crescem mais aceleradamente. “Depois que a menina menstruou a primeira vez, ela crescerá apenas um pouco mais, de quatro a oito centímetros no máximo. Significa que se a menstruação chegar mais cedo, a menina terá crescido menos, independentemente da média de altura da família.”

Fator psicológico

A menarca precoce também pode afetar a menina psicologicamente, cujos efeitos podem perdurar pela vida adulta. “Ela não está preparada para essa situação diferente do meio em que vive. Se não for possível evitar, sugere-se um acompanhamento psicológico, no sentido de melhor adaptação e aceitação dessa nova fase, na qual ela tende a se retrair e apresentar baixa autoestima”, diz Berger. A mãe – ou a pessoa que no momento faz o papel da figura materna na vida da menina – pode facilmente detectar a necessidade de evitar a menarca precoce. Basta perceber quando acontecer a telarca (nascimento da mama), que não deve ser antes dos 8 anos.

“É importante que a mãe sempre tenha muito diálogo com a filha e a observe, para perceber alterações de humor (mais fechada e irritada) e de desenvolvimento”, explica a terapeuta familiar Maria Elizabeth Haro, membro do Conselho Regional de Psicologia. Segundo a especialista, com a chegada da adolescência mais cedo, algumas etapas da infância deixam de ser cumpridas. “Em alguns casos, as mudanças podem deixar a menina envergonhada, querendo esconder-se, e as amigas podem achar esquisito. O apoio da mãe é fundamental.”

http://portal.rpc.com.br/gazetadopovo/saude/conteudo.phtml?tl=1&id=901054&tit=Puberdade-antes-da-hora-deve-ser-investigada

Site sobre Cistite

Dúvidas Sobre Cistite


Dúvidas sobre Cistite, sugiro o site http://www.livredacistite.com.br/

segunda-feira, 29 de junho de 2009

Entrevista com o Dr. Rodrigo Otavio Sarraf Berger no canal do SBT

Entrevista realizada no canal SBT no programa Destaque com o Dr. Rodrigo Otavio Sarraf Berger no dia 20 de maio de 2005.



Caso o video demore para carregar acesse: http://www.youtube.com/watch?v=COVKFRCuwAU

Entrevista com o Dr. Rodrigo Otavio Sarraf Berger no canal do SBT

Entrevista realizada com o Dr. Rodrigo Otavio Sarraf Berger no canal SBT no programa Destaque no dia 27 de maio de 2009.



Caso demore para carregar o video acesse: http://www.youtube.com/watch?v=0ySLUxRRfsU

quinta-feira, 28 de maio de 2009

QUAL É O PROPÓSITO DA VIDA?

Qual é o propósito da vida
Profundo!

Rick Warren – Autor de Uma Vida Com Propósito e pastor da Saddleback Church, na California.
Convidado pelo presidente Barack Obama para fazer a oração de inauguração de sua posse da presidência dos E.U.
Sobre a esposa dele estar sofrendo de câncer e a fortuna que a venda de seu livro lhe trouxe, em entrevista com Paul Bradshaw, Rick Warren disse o seguinte:
"As pessoas me perguntam: Qual é o propósito da vida?"
E eu respondo:" Em resumo, a vida é uma preparação para a eternidade. Nós não fomos criados para durar para sempre, e Deus nos quer junto Dele, no Céu. Um dia meu coração vai parar, e então será o fim do meu corpo – mas não será o meu fim. Eu posso viver 60 ou 100 anos na terra, mas eu vou passar trilhões de anos na eternidade. Aqui e agora é o aquecimento – o ensaio final da peça. Deus quer que nós pratiquemos na terra o que vamos fazer para sempre na eternidade..
Nós fomos criados por Deus e para Deus, e enquanto você não se der por conta disso, a vida não fará sentido. A vida é uma série de problemas: Ou você está vivendo um agora, ou está saindo de um ou você está se preparando para enfrentar outro. A razão disso é porque Deus está mais interessado no seu caráter do que no seu conforto; Deus está mais interessado em santificar a sua vida do que Ele está de fazer dela uma vida feliz. Nós podemos ser razoavelmente felizes aqui na terra, mas este não é o propósito da vida. O objetivo é crescermos em caráter, à semelhança de Cristo.
Este ano que passou foi o melhor ano de minha vida mas também foi o mais duro, com minha esposa Kay adoecendo de câncer.
Eu costumava achar que a vida era feita de montanhas e vales – a gente passa por períodos escuros (vales) e depois sobe até o alto da montanha, vai e volta, sobe e desce. Mas já não creio que seja assim. Ao invés da vida ser montanhas e vales, eu creio que ela é como dois trilhos em uma estrada de ferro, e o tempo todo temos alguma coisa boa e alguma coisa ruim acontecendo na nossa vida.
Não importa o quanto as coisas na sua vida sejam boas, tem sempre alguma coisa ruim que precisa ser trabalhada. E não importa o quão ruim sejam as coisas na sua vida, tem sempre alguma coisa boa pela qual você pode agradecer a Deus.
Você pode focar nos seus propósitos ou pode focar nos seus problemas:
Se você focar nos seus problemas, você entra em estado de egocentrismo, que é ‘os meus problemas’, "o meu sofrimento’, a minha infelicidade". Mas uma das formas mais fáceis de livrar-se da dor é desviar a atenção de você mesmo e focar em Deus e nos outros.
Nós descobrimos bem rapidamente que apesar das orações de centenas de milhares de pessoas, Deus não iria curar a Kay ou facilitar as coisas pra ela – tem sido muito difícil pra ela , entretando Deus tem fortalecido seu caráter, tem dado a ela um ministério de ajuda a outras pessoas, tem lhe dado um testemunho, e vem atraindo-a mais pra perto d’Ele e dos outros.
Você tem que aprender a lidar tanto com o que é bom quanto com o que é ruim na vida. Na verdade, às vezes é mais duro lidar com o que é bom. Por exemplo, neste ano que passou, de repente, quando o livro vendeu 15 milhões de cópias ele fez de mim um homem muito rico. Também trouxe muita notoriedade com a qual eu nunca tive que lidar antes. Eu não creio que Deus nos dá dinheiro ou notoriedade para alimentar nosso ego ou para que tenhamos uma vida de facilidades. Então eu comecei a perguntar a Deus o que Ele queria que eu fizesse com todo esse dinheiro, notoriedade e influência. Ele me deu duas passagens diferentes que me ajudaram a decidir o que fazer: 2 Corintios v 9, e Salmo 72.
Primeiro, apesar de todo o dinheiro vindo às minhas mãos, nós não mudamos nosso estilo de vida. Não fizemos nenhuma compra significante. Segundo, lá pela metade do ano passado parei de receber salário da igreja. Terceiro, nós estabelecemos fundações para financiar uma iniciativa que chamamos O Plano da Paz para plantar igrejas, equipar líderes, dar assistência aos pobres, cuidar dos doentes e educar a próxima geração. Quarto, eu somei tudo que a igreja tinha me pago durante os 24 anos desde que eu comecei, e devolvi tudo. Foi muito liberador poder servir a Deus gratuitamente.
Temos que nos perguntar: Viverei para possuir coisas? Popularidade? Vou ser levado (empurrado) pelas presssões? Pela culpa? Pela amargura? Pelo materialismo? Ou vou ser conduzido pelos propósitos de Deus (para minha vida) ?
Quando eu me levanto pela manhã, eu me sento na beira da minha cama e digo, Deus, se eu não conseguir realizar nada mais hoje, eu quero Te conhecer melhor e Te amar mais. Deus não me colocou na terra apenas pra que eu preencha uma lista de tarefas e afazeres. Ele está mais interessado em quem eu sou do que no que eu faço.

Assuntos na área da saúde da mulher.

Sugiro este site:

http://www.medcenter.com/Medscape/OtherProfessional/default.aspx?menu_RC=5181&ekmensel=c580fa7b_513_519_btnlink&__akacao=145744&__akcnt=892b4ed3&__akvkey=118f&utm_source=akna&utm_medium=email&utm_campaign=Gine+25+BR+Usu%ef%bf%bdrios&LangType=1046

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Esclareça suas dúvidas com Dr. Rodrigo Berger

Estamos criando mais uma ferramenta para poder orientar, resolver dúvidas na área de ginecologia, obstetrícia, gestação de Alto Risco, endoscopia ginecológica e infertilidade.